quinta-feira, 5 de maio de 2011

Menina abusada dentro da escola




Vila Praia de Âncora: Vítima acompanhada por psicólogo

Menina abusada dentro da escola
Uma menina de seis anos foi abusada por um rapaz de 14, na sexta-feira, no recreio da Escola EB 1,2 de Vila Praia de Âncora.

02 Maio 2011
Por:Ana Isabel Fonseca/ /Tânia laranjo


Os gritos da criança alertaram outros alunos, que chamaram funcionários, que, por sua vez, travaram os abusos do jovem. A Polícia Judiciária de Braga foi chamada de imediato ao local, no entanto, como o abusador é menor de idade, o que leva a que não possa ser responsabilizado criminalmente, foi libertado sem sequer ser ouvido. O caso seguirá agora para o Tribunal de Família e Menores, que poderá determinar uma medida tutelar educativa.

O crime ocorreu na sexta-feira por volta das 13h40. O rapaz, que frequenta a mesma escola, encontrou a menina no recreio e abordou-a. A certa altura, o jovem despiu as calças e as cuecas da criança e tocou-lhe nos órgãos genitais. A menina começou a gritar de dor, o que chamou a atenção de alguns colegas que alertaram de imediato as funcionárias. Quando chegaram ao local, o rapaz continuava a tocar no corpo da menor que chorava bastante e apresentava já alguns ferimentos.

As funcionárias da escola explicaram às autoridades que o menor disse não ter intenção de violar a menina e admitiram que aquele parecia não ter plena consciência de que estava a cometer um crime.

A Direcção da Escola foi também de imediato alertada e já disponibilizou um psicólogo para acompanhar a criança. A menina fez também exames no Instituto de Medicina Legal que comprovaram que a criança foi vítima de uma tentativa de violação.

O jovem abusador frequenta o 8º ano na Escola de Vila Praia de Âncora que tem alunos do 1º e do 2º ciclo. Os populares da freguesia criticam o facto de o estabelecimento acolher crianças de idades tão diferentes, o que proporciona que este tipo de acontecimentos ocorra com maior facilidade.

1 comentário:

  1. EU CONCORDO UMA SITUAÇAO PARECIDA ACONTECEU NA ESCOLA DE TRANCOSO ONDE OS ALUNOS NAO TINHAM ORDEM PARA SAIR E SAIRAM A MENINA FICOU EM ESTADO GRAVE NESTES CASOS A CULPA E DA ESCOLA EDOS FUNCIONARIOS QUE AS VEZES NAO ESTAM NOS SEUS POSTODS DE TRABALHO DURANTE O TEMPO EM QUE OS ALUNOS ESTAO A TER AULAS.

    ResponderEliminar