quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Este país "desestruturado"

Mas isto agora é todos os dias? - perguntarão as pessoas que não estão dentro do assunto. Não, isto é assim todos os dias desde há 10 anos, quando o tal Governo "com uma paixão pela educação" semeou a falta de educação. Agora sabe-se é mais, é mais difícil abafar.

O menino não é malcriado, a família é que é "desestruturada". Por isso, comem os inocentes: colegas e adultos que trabalham na escola.

Daqui a uns anos o menino vai preso e lamentará não lhe terem dado a "estrutura" que lhe falta em casa.




Em escola de Castelo Branco

Aluno agride professor com pontapés

Um miúdo de dez anos, aluno da Escola EB1 de Escalos de Baixo, Castelo Branco, agrediu ontem com pontapés um professor, durante uma visita de vários docentes do agrupamento para averiguar das necessidades do estabelecimento. Segundo apurou o CM, o agressor, proveniente de uma família com dificuldades económicas, está sinalizado pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco e é considerado "problemático", por "maltratar os colegas".

Por:Isabel Jordão



A visita de ontem destinava-se a averiguar a sua situação e o seu comportamento, tendo o miúdo reagido com violência, ao pontapé, quando estava a ser questionado por um dos professores. Na sexta-feira, o Ministério da Educação e Ciência repudiou os casos mais recentes de agressões nas escolas, considerando-os "totalmente inadmissíveis e intoleráveis" e defendendo o reforço do Programa Escola Segura. No distrito de Castelo Branco, os casos são "muito pontuais", disse ao CM Carlos Costa, dirigente do Sindicato dos Professores da Zona Centro.

Sem comentários:

Enviar um comentário