terça-feira, 9 de março de 2010

O Fim da Picada!


Pergunta-se o Público:

"Leandro terá sido agredido por um aluno mais velho, de "17/18 anos", que frequenta as turmas de Educação e Formação na mesma escola. E alguns colegas dizem que, enquanto jogavam à bola, o viram a chorar e a sair do recinto da escola, dizendo que "ia atirar-se ao rio" - diz o Público.

Por outro lado, "a mãe diz que ele era um menino alegre"...

Ó diaaaaabo... parece que era uma criança alegre, e que se defendia dos matulões. Há quem diga que então, se calhar, o jovem Leandro, de 12 anos, está escondido algures, por traquinice... Há até quem se questione se houve ou não o tal bullying...
Isto quem se atreve a ser alegre e a defender-se de rapazes de 18 anos, já se sabe... é capaz de tudo!

Perdoem-me ironizar com caso tão triste. É uma ironia bem amarga!...

Comenta um leitor:

Luis , Braga. 09.03.2010 20:11
Insistem em esconder a verdade...
Insistem em mentir aos portugueses...

Parece que não querem a verdade mesmo quando ela, a verdade salta à vista e as provas são irrefutáveis....A escola pública está uma lástima, um caos...Este suicídio, " Os colegas garantem que ouviram o Leandro dizer que estava farto de ser mal tratado e que ia atirar-se ao rio" e por isso foram atrás dele para o impedir...
É sem dúvida um suicídio motivado por maus tratos, os pais em geral confirmaram que há maus tratos na escola...Coisa que é verificável na generalidade das escolas e resulta da desgovernação, do aniquilamento da autoridade dos professores, de incumprimentos e indisciplina generalizado, do facilitismo, os professores são obrigados a passar todos os alunos mesmo que não aprendam nada...Os professores não tem condições de trabalho aceitáveis, alguns tem mais de nove turmas e cada turma pode passar de trinta alunos...Turmas em que alunos com deficiência ou dificuldades de aprendizagem estão misturados com os outros....Um caos....Que querem manter secreto dos cidadãos, mesmo quando tal mentira parece impossível... A escola precisa de uma política de verdade antes que aconteçam mais Leandros...


Nota: os agressores do jovem Leandro eram dos cantados e célebres cursos CEF.

Os CEF agregam de maneira económica e estatisticamente rentável:

- os matulões;

- os que desejavam estar a trabalhar e odeiam a escola mas são obrigados a andar lá;

- os que adoravam estar no ensino técnico a sério e estão ali mergulhados na confusão;

- os que andam nos CEFes para os pais receberem rendimento mínimo, casa da Câmara e outros etc.s;

- os jovens delinquentes que deviam estar em reformatórios mas estão no poético "ensino integrado"...

Sem comentários:

Enviar um comentário