segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Requiem pela Escola Para Todos


Estes anos de difamação e perseguição aos professores, de permissividade do caos e da violência desbragada nas escolas, de promoção do vácuo sob a capa de teorias pseudo-pedagógicas, tinham uma finalidade.

A opinião pública está intoxicada, de modo que noutro dia o meu vizinho António até me disse:

- Ó Sr. F, esta vossa Ministra é que é como vocês queriam! Já vos deu o aumento de ordenado!

Não adianta. É isto que tem sido martelado ao povo.

Há anos que o digo, e está a começar a cumprir-se. O Ensino Público será apenas, após este processo criterioso de destruição, apenas para os moradores dos guetos (que vivem dos rendimentos mínimos e da marginalidade) e para quem trabalha (e paga todo este regabofe).

E está a começar assim:

As escolas estão a sair do Património do Estado. O contribuinte pagou e pagará para fazer novas, enquanto as velhas passam para a mão de privados que as deitam abaixo e rentabilizam os terrenos:

"Com a propriedade destas escolas, a Parque Escolar ficará na posse de milhares de metros quadrados, localizados na maioria dos casos em zonas centrais de inúmeras cidades. Juristas contactados pelo PÚBLICO frisam que as empresas públicas têm de obedecer a muito menos prerrogativas do que o Estado quando se trata de alienar património, uma operação que se torna assim "muito mais fácil" de realizar por estas entidades. Nos últimos anos têm sido também várias as empresas públicas, com o património respectivo, que foram privatizadas."

Está no site do Público.

E neste horário matutino em que os indefectíveis do PS ainda não invadiram a caixa de comentários, comenta-se assim:

Assalto aos bens públicos
Continua o roubo descarado dos bens que são de todos nós! E ninguém se preocupa... Votam sempre nos ladrões dos bens comuns.

O contribuinte paga, os privados lucram
Mais uma negociata ao bom estilo liberal: gasta-se o dinheiro dos contribuintes na modernização das escolas e depois estas passam a fazer parte de uma empresa pública que uns anos depois passará a deter capital privado, e que mais uns anos será totalmente privatizada. Foi assim com a Galp, será assim com as escolas. Será o primeiro passo para a privatização do ensino?

República, SA
Que raio de Sociedade Anónima é esta, da República Portuguesa. Temos Presidente, Presidente executivo e conselho de administração e até se tem de pagar às listas opositoras e pôr o país a andar para a frente, nada... ainda para mais os dividendos são ao contrário, pois temos de pagar todos impostos. Agora para piorar mais as coisas há criações de spin-offs, apenas em manobras de tentar haver maior concentração no core-business. Mas qual é o core-business de um Estado? Não é justamente proporcionar condições para que exista Democracia: Igualdade, Fraternidade e Liberdade? Que se traduzem em igual acesso à Educação, Saúde e Emprego? Onde é que há igualdade, se em vez desses príncipios se assiste a acessos privilegiados a quem é detentor de um cartão partidário e ainda para mais julgando-se acima do mundo fazem valer o seu poder em afirmações arrogantes. O PS poderia ser o partido mais democrático em Portugal, mas acaba sempre minado pela sua máquina partidária. O PM peca por isso. Devia ver o exemplo dos seus antecessores e fintar o partido. Assim nunca fará Governo. Ainda assim cumprimento o nosso Ministro das Finanças pelo seu trabalho consciente. Os outros têm é de gastar menos.

Lindo
Empresa fantasma, mais uns poucos de directores e administradores com vencimentos dourados. O povo que pague a crise.

além dos "boys"..
... daqui a algum tempo a escola é convenientemente deslocada do centro da cidade para a periferia e o terreno vendido como desculpa para pagar aos investidores. nada é ao acaso.

Ensino privado distancia do pobre ensino estatal
Não podemos deixar que as crianças comecem a viver uma realidade separatista e classicista quando não tem noção desta desgraça de realidade que vemos hoje! O governo quer criar um forte ensino particular que por sua vez vai ditar as posições dos indivíduos na sociedade. É claro que daqui há 20 anos, só os filhos vão substituir os pais no governo e nas grandes empresas privadas devido ao estatuto académico que tem. O PM esta cada vez pior, espero que em Abril deste ano o Sr Presidente da Republica Cavaco Silva acabe com a ditadura do PM e então começos a corrigir os erros e maus causados pelo PM.

Venham cantar o regime!
Mais uma aldrabice, produzida pela ética republicana, maçónica, laica e socialista. Já sabemos para que serve e não queremos! Não queremos continuar a ser roubados para que os "bois" continuem a mamar. É verdade... cada vez há mais "fundações" tipo fundação boxexas e cia... Chega!!! Não há para aí mais nenhum Zeca Afonso para cantar o regime que nos desgraça???


Etc. ...

Sem comentários:

Enviar um comentário